C CASA QUIETA: Maio 2010

quinta-feira, maio 20, 2010

PASSOS


A vida não se faz de pesssoas,faz-se de grandes seres humanos como tu,de mulheres fortes e únicas,de gente que atravessa o mundo mesmo quando tudo está na outra ponta do universo.Porque és mãe,porque és mulher,porque és assim tão especial para nós,porque nos cativas quando alguém o deveria fazer,porque choras com as emoções dos outros,porque choras quando ninguém olha,porque és tu só isso.
Falamos e falamos porque sentes o que dói cá dentro,és diferente porque és e vais ser assim,somos todos especiais,tu és mais do que especial,és um orgulho de mãe,de mulher,de amiga,de confidente e das lágrimas que não cairam mas que vão cair,tu chão que pisas,dos passos que se cruzam nos teus caminhos de terra batida de uma vida nada fácil.Quero gritar e gritar e não sei como.Sou só porque só estou,o que te escrevo é para ti é pelo valor que te dão e pelo que nunca te deram,das palvras que querias ouvir e nunca te disseram.
Entras todos os dias nas nossas vidas,é contigo que choramos e amamos,é contigo que aprendemos a força e a vontade desta vida que por vezes nem sempre apetece,às vezes apetece tanto desistir,aí se soubesses o quanto?temos dias e dias e falamos e falamos sempre na mesma pessoa,vamos continuar a amar da mesma forma que nos amaram e da mesma forma que nos amam.Obrigado sê feliz eu vou tentar

terça-feira, maio 18, 2010

PASSADO NO PRESENTE


Descobri ao fim de tantos anos numa manhã de Maio,que ainda pensas no passado será?
Sabes que continuo a amar-te depois de tudo o que fizemos,é mais forte do que eu,a tua vida já está construida a minha continua por construir,preciso de ti como de cimento para solidificar estas estranhas paredes que se fazem no meu cérebro,já não sou o que fui e como fui quando não sabia ainda o quanto te amava,volta sabes que sim sabes que vai ser diferente.Sei que vais ler estas palavras,podes não entender mas se ainda pensas em mim larga tudo e todos porque quem está ao teu lado não sabe o valor que tens para o mundo.Não posso escrever que é o fim não pode ser,tem que voltar a ser o principio de algo,ainda recordo quando foste a rainha,sai dessa cadeira liberta-te destranca essa porta e encontra algo de novo em mim.Bjs

sábado, maio 01, 2010

PORQUÊ ?


Desisto de desistir de mim,não vale tanto por tão pouco,há quem não entenda quando se diz que não há nada para entender,estarei sozinho ? Procuro o nada no nada,procuro a voz quando não há palavras,procuro o vento quando não consigo ouvir,procuro nunca falar porque nada me fala,procuro não sei o quê não sei onde,procuro por aqui,dou a volta a este sentido e já nada volta a ser como era porquê ?