C CASA QUIETA: Março 2006

domingo, março 26, 2006

NÃO TENHAS MEDO


Não tenhas medo de amar,pois todos os meus caminhos vão dar até ti.

domingo, março 19, 2006

ESPERA AMARGA


Nesta espera amarga de porquês sombrios,permaneço imóvel sem o mínimo murmúrio de cansaço.Entrego-me assim rendido ao tempo e,na escuridão de um cato já negro envolvo a minha alma e os meus sentimentos por ti.
Arranco,então,do peito,os catos de lágrimas manchados pelo sangue da infinita saudade e espero-te na eternidade de um sempre.Depois,deita as minhas palavras ao esquecimento e mostra-me o caminho para a felicidade.
Mas,atenção!Nas sombras da lua,descobri que um amor na vida é apenas um sonho no caminho da morte...

terça-feira, março 07, 2006

"O VERDADEIRO AMOR"


"O melhor que em nós existe não é nosso.Não depende de avaliações,porque não resulta daquilo que sabemos,do que conquistámos e de que pudemos apropriar-nos.
É ao manter o nosso coração aberto que os outros podem recebê-lo.
E é daí que o melhor de nós mesmos sai,por si só.
O verdadeiro amor é algo que,ao transbordar,preenche espaços vazios não porque o vazio o atraia,mas por ser inesgotável.
É através e apesar da nossa pequenez que podemos dar e receber algo grandioso.
De ilimitado.De sem fim.
Amar é essa abertura total de coração que nos permite deixarmo-nos assim conduzir."

Revista XIS ("Outra Porta" de Maria J.C. Félix) 04-03-06